Já pensou em fazer umas trilhas na Suíça? Pois bem, se você vai viajar pelo país, talvez valha a pena fazer pelo menos uma das trilhas nas montanhas. Imagina você, naquele cenário de montanhas verdinhas, picos nevados e ar fresco dos Alpes direto nos seus pulmões. Uma experiência de pura contemplação da natureza pela cordilheira mais famosa da Europa. Mas por onde começar? Aqui neste post eu vou te contar tudo o que você precisa saber sobre as trilhas na Suíça. Mesmo que você seja um total principiante, é possível ter uma experiência de trilha e fazer aquelas fotos respeitáveis sem precisar passar dias numa barraca em meio aos Alpes. Então comecemos, veja a seguir nosso post completo sobre as trilhas na Suíça!

Leia também: Como planejar uma viagem pela Suíça?

1. Escolhendo as montanhas na Suíça

Bom, primeiramente você precisa saber que há incontáveis opções de montanhas para fazer trilhas na Suíça. Em praticamente todas as cidades haverá montanhas por perto para fazer trilhas, afinal, este é um esporte praticado por todo mundo na Suíça. O ideal é que você escolha as montanhas de acordo com a sua cidade base primeiro. Por exemplo, se você está em Zurique ou Lucerna, vale a pena buscar por montanhas mais ao norte. Se você está em Montreux, vale mais a pena buscar as montanhas do sul. E assim por diante.

Aqui vão links com dicas de algumas montanhas ideais para fazer trilhas na Suíça:

Norte: Rigi, Stanserhorn, Uetliberg, Pilatus, Titlis
Centro da Suíça: Jungfrau, Schilthorn
Sul: Matterhorn

2. Sinalização das trilhas na Suíça

Praticamente todas as montanhas oferecem trilhas com diferentes níveis de dificuldade. O ideal é que principiantes busquem trilhas sinalizadas na categoria amarela, que são as trilhas mais fáceis. Estas trilhas possuem ganho de elevação baixo e não exigem um preparo físico tão alto. Já as trilhas sinalizadas com a marca vermelha e branca possuem dificuldade moderada e exigem mais preparo físico. Finalmente, as trilhas sinalizadas com marca azul e branca possuem dificuldade alta e requerem além de um bom preparo físico, equipamento de montanhismo.

Sinalização de trilhas nas montanhas suíças | Imagem: hiryu01 | Adobe Stock

Na foto você consegue visualizar bem o nome da trilha e a sinalização de dificuldade na extremidade da plaquinha. Por exemplo, a seta indica trilhas amarelas (sem marca), trilhas vermelhas e brancas (com marca) e trilha azul (totalmente azul nesta foto). As placas ainda indicam o tempo aproximado de caminhada em cada trilha.

Um site interessante para buscar trilhas de diferentes níveis de dificuldade é o Clube Alpino. Lá você pode por exemplo filtrar o tipo de atividade nas montanhas que deseja fazer e saber mais detalhes sobre as trilhas.

3. Vestimenta ideal para fazer trilhas

Como a maior parte dos turistas fazem trilhas no verão, eu diria que durante a estação você pode separar roupas de esporte regulares para a atividade. Uma calça ou short de esporte, camiseta dry-fit e boné são o ideal. Mas se quiser usar roupas mais comuns também pode, desde que sejam confortáveis. Além disso, é bom lembrar que montanhas podem ter a temperatura mais fria do que na cidade, então leve também uma peça extra mais quentinha para caso necessite. Um tênis de esporte normal serve para trilhas de dificuldade amarela, já que não há muitas pedras e o caminho é quase todo plano. Se escolher dificuldade vermelha ou superior, leve tênis de montanha. Para trilhas durante a temporada fria, aumente as camadas e leve uma jaqueta impermeável, além de gorro, cachecol e luvas.

Trilhas na Suíça | Imagem: Juliana Guimarães

4. Mochila e utilitários

É importante montar uma mochila com alguns itens essenciais mínimos, só por precaução. Leve lanches como frutas, sanduíches, frutos secos, barrinha de cereal e porque não, barrinha de chocolates (suíços!). Também é importante levar bastante água (eu sempre levo uma garrafa de 2 litros por pessoa). Leve ainda álcool em gel e toalhinhas umedecidas, uma toalhinha de rosto, saquinhos de lixo e protetor solar. E caso pense em fazer alguma trilha com lago, leve roupas de banho para mergulhar e uma toalhinha na mochila para se secar e se cobrir na hora de vestir as roupas secas. (É que as pessoas se trocam ao ar livre por lá!)

Opcionalmente recomendo levar hiking poles (aquelas bengalas de hike), que são mais comuns nas trilhas vermelhas ou azuis. Também sugiro levar uma toalha de picnic para estender em algum ponto do seu passeio e fazer uma parada mais longa para lanches enquanto aprecia a vista!

5. Melhor época para fazer trilhas na Suíça

Pra mim a melhor época é sempre no verão, principalmente nos meses de julho e agosto, quando os dias estão mais quentes e mais iluminados! Nesta época você conseguirá caminhar, apreciar a paisagem tranquilamente e quem sabe até entrar nos lagos alpinos para um mergulho refrescante! Abril e Maio você pega a primavera, e verá muitas flores no caminho. Setembro e Outubro também é legal pra ver aquela paisagem das folhas avermelhadas. Mas tanto na primavera como no outono já começa a ser importante vestir-se melhor. Nos demais meses do ano (de novembro a março) há sempre risco de neve nas trilhas e o frio já pega por lá. Neste caso é até possível fazer trilhas, mas você vai precisar de roupas e sapatos adequados para neve e precisará de muita habilidade para este tipo de atividade.

6. Últimas dicas sobre trilhas na Suíça

Apesar da infraestrutura excelente na Suíça, na hora de fazer as trilhas é você e a natureza. Por isso, não subestime a necessidade em levar comida e água, já que não haverá lugares para comprar isso no meio da montanha. Também procure levar o celular sempre carregado e tente guardar bateria para o caso de necessitar por alguma emergência. Acidentes são raros, mas é sempre bom ter precaução. Nunca, em hipótese alguma faça trilhas sozinho. Se você se machucar, quem irá te ajudar? Para emergências, o resgate na Suíça está no telefone 1414.

E lembre-se que para trilhas, a jornada é mais importante que o destino final! Portanto, aproveite ao máximo a experiência fazendo muitas fotos e admirando o caminho. Um dia de trilha nos Alpes será um dia para recordar pelo resto da vida!