A famosíssima Trilha dos Cinco Lagos é uma das atividades mais incríveis para se fazer na Suíça. Principalmente se a viagem for no período entre junho e setembro, quando a temperatura está mais amena. Esta trilha está entre os meus passeios favoritos na região de Zermatt, porque passa por locais absurdamente lindos e contempla cinco lagos alpinos dignos de cartão postal.

Trilha dos 5 lagos em Zermatt: informações

A trilha dos 5 lagos é uma opção de trilha bem interessante para quem deseja passar o dia em plena natureza, aproveitando a paisagem e beliscando uns lanchinhos da mochila. Trata-se de um percurso de aproximadamente 10km feito numa descida (80% do trajeto), passando por cinco lagos alpinos majestosos. O trajeto é muito bem sinalizado e exige um condicionamento físico razoável. Ou seja, se você gosta de caminhar e está acostumado com longas distâncias, este será um bom percurso para você.

Ficha Técnica da Trilha dos 5 lagos em Zermatt:

Dificuldade: Média

Distância: 9.8km

Duração: 2h30
Ps: Recomendo se planejar com pelo menos 4h, assim há tempo para fazer as paradas necessárias com calma.

Elevação: ⬆️ 165m

Descidas: ⬇️ 454m

Indicação das placas: “5-Seenweg”

Início:Blauherd

Paradas:Stellisee, Grindjisee, Grünsee, Moosjisee e Leisee.

Destino Final:Leisee / Sunnegga

Melhor época para visitar: Entre Junho e Setembro

Valor: Aproximadamente 50CHF. É necessário adquirir os bilhetes até Sunnega e Blauherd.

* Há desconto de 50% para portadores do Swiss Travel Pass.

Como chegar na Trilha dos cinco Lagos?

Saindo de Zermatt, pegue o funicular sentido Sunnegga. Depois disso, siga de bondinho sentido Rothorn, mas desça em Blauherd, que é uma parada intermediária antes de chegar ao pico Rothorn. A rota dos 5 lagos começa em Blauherd e é bem sinalizada durante todo o trajeto. Ela passa pelos seguintes pontos: Stellisee, Grindjisee, Grünsee, Moosjisee e finaliza no Leisee, de onde você pode pegar o bondinho de volta até Sunnegga e de lá pegar o funicular de volta a Zermatt.

Atenção: aqui neste site você pode adquirir os bilhetes do Swiss Travel Pass e garantir descontos para fazer esta trilha.

Como se preparar para esta trilha?

Recomendo levar uma mochila com água e lanches rápidos por pessoa. O ideal é utilizar sapatos de trilha (aqueles com solado bem firme), roupas leves e uma camada extra de agasalho. Isso porque o clima na montanha pode sempre mudar de uma hora pra outra e é bom estarem preparados. Além disso, leve boné, protetor solar e uma câmera com muito espaço na memória e bateria carregada. Para ler mais sobre como se preparar para trilhas na Suíça, recomendo a leitura deste post aqui.

Paradas Estratégicas

Há dois restaurantes de montanha ao longo do trajeto. O primeiro restaurante fica ao lado do Grünsee (terceiro lago) e o outro restaurante fica bem no fim de trilha, em Sunnegga. Se você fizer o trajeto pela manhã, pode planejar o almoço em um dos restaurantes. Há banheiros nestes dois locais, porém é recomendável comprar algo no restaurante para usar os banheiros.

Minha experiência na trilha dos cinco lagos de Zermatt

Eu fiz esta trilha com a minha irmã, nós duas temos um condicionamento físico de “pessoa normal, que faz esportes quando dá”. Bom, a gente chegou até Blauherd às 14h40 e nos disseram que a rota duraria quase 3 horas. Precisaríamos caminhar com atenção ao relógio, porque o último funicular descia para Zermatt às 18h. Segundo nossos cálculos, daria tempo, isso se a gente não tivesse gastado mais de meia hora dando a volta no primeiro lago, com uma das vistas mais maravilhosas da Matterhorn!

Quando a gente se deu conta da hora, já havia passado quase 40 minutos e nós ainda estávamos no começo da trilha. Resultado: foi necessário cortar a nossa rota, ou perderíamos o último trem de volta para Zermatt. Fizemos então somente 2 lagos, o primeiro, Stellissee, e o último, oLeisee. Nosso trajeto completo durou 2 horas, e tivemos tempo de mergulhar no lago Leisee antes de voltarmos para Zermatt. Foi triste não ter visto todos os lagos, mas do contrário, teríamos que voltar a pé pela trilha, no meio da escuridão. Como os horários são extremamente precisos e respeitados na Suíça, preferimos não arriscar.

Portanto, recomendo que você faça esta trilha pela manhã. Aliás, se começar o trajeto bem cedinho, provavelmente conseguirá fazer as fotos mais bonitas da viagem, com o reflexo da Matterhorn capturado nos lagos.

Leia também:

Guia de Lugano | O que fazer na cidade?
O que fazer em Zurique? | Guia de Zurique
Tudo sobre trilhas na Suíça | Guia Completo

Onde ficar em Zermatt?

Os preços de hospedagem em Zermatt costumam ser bem caros. Para economizar um pouco, nós optamos por um apart-hotel, o  Apart Hotel Residence Patrícia bem localizado e com uma vista espetacular da montanha Matterhorn. Para quem busca algo mais convencional, o hotel com melhor relação de custo X benefício em Zermatt, na minha opinião, é o Best Western Alpen Resort.

Best Western Alpen Resort
Endereço
: Spissstrasse 52, 3920 Zermatt, Suíça
Reserve com cancelamento grátis no site do Booking.com

E ai, animou pra fazer esta trilha? Vou adorar ler sobre a sua experiência aqui nos comentários!