Se você vai viajar para o sul da Suíça, Lugano é um lugar bem interessante para colocar no seu roteiro. A cidade fica na região de Ticino, bem pertinho da fronteira com a Itália e possui várias atrações hiper charmosas. Uma delas é o Monte Bré, assunto deste post aqui!

Eu tive o prazer de visitar a montanha no fim de setembro, durante o Projeto Experience, que tem o objetivo de mostrar as belezas da Suíça para os brasileiros. O Monte Bré Experience foi mais um evento deste projeto, que contou com o apoio do escritório de turismo da região de Ticino e teve a participação de cinco blogueiras brasileiras. No final deste post vou listar todos os blogs e os links de cada site para que você possa conferir o relato delas também!

Lugano Vista
Vista de Lugano | Imagem: Laurentina Leal

Lugano: Um pedaço da Itália na Suíça

Lugano possui cerca de 65.000 habitantes e é uma das maiores cidades da região italiana da Suíça. A língua oficial da região é o italiano, e claro, a gastronomia local também tem muita influência do país vizinho. Lugano fica localizada a cerca de 1h20 de distância de Milão (usando o trem) e cerca de 2h30 partindo de Zurique. Recomendo passar pelo menos uma noite na cidade para conhecê-la bem, mesmo que seja possível fazer bate-volta saindo das grandes metrópoles.

Leia também:
Tudo sobre o Valle Verzasca, no cantão de Ticino
Como planejar uma viagem pela Suíça

Lugano tem várias atrações interessantes que você pode conhecer rapidamente, antes de subir para o monte Bré. Foi exatamente o que fizemos na companhia de Daniela, gerente de Marketing do Escritório de Turismo de Lugano. Ela nos guiou pela cidade depois de nos buscar na estação central de trens, o que facilitou bastante o nosso passeio.

Ao sair da estação (1), fizemos uma caminhada sentido ao centro histórico de Lugano (2). Preferimos fazer o trajeto a pé, para aproveitar melhor as vistas da cidade e fotografar alguns cantinhos especiais do caminho, que fica numa descida. Porém há também a opção de utilizar o funicular para chegar lá, e o bilhete custa 1,30 CHF.

Em seguida, passeamos pela orla do lago de Lugano até o LAC – Lugano Arte e Cultura (3), centro cultural que abriga salas de concerto e exibição de arte. Finalizamos o passeio em direção à Piazza Riforma (4), a principal praça da cidade, onde se localiza a prefeitura e vários restaurantes típicos. Nós almoçamos no restaurante Olímpia (5), que oferece alguns pratos deliciosos como risotos, peixes, massas e ótimos vinhos. Depois do almoço, seguimos o caminho para conhecer o Monte Bré (6).

Monte Bré

O Monte Bré é famoso por ter a melhor vista panorâmica de Lugano e por ser o ponto mais ensolarado de toda a Suíça. Durante o nosso passeio eu pude comprovar isso! Eu saí de uma Zurique fria e nublada em direção a uma cidade completamente ensolarada, isso em pleno outono suíço. Durante o dia foi possível tirar o casaco e almoçar ao ar livre, um verdadeiro privilégio considerando a temporada da Suíça.

Vista do Monte Bré
Monte Bré Vista | Imagem: Laurentina Leal

Como chegar até o Monte Bré?

Para chegar até o Monte Bré, é necessário pegar o ônibus número 2, sentido Castagnola e descer na parada Cassarate, Monte Bré. A parada inicial deste ônibus fica na estação central de Lugano, e o bilhete custa CHF 1,60 (gratuito se tiver o Swiss Travel Pass). Quando descer em Cassarote, busque a entrada do funicular Monte Bré, que leva até o topo da montanha.

A subida de funicular acontece em dois percursos. O primeiro funicular demora poucos minutos e é gratuito. O segundo funicular demora cerca de 15 minutos, e é preciso pagar pelo ticket.

Valores do Funicular Monte Bré | Ida e Volta

– Adultos: CHF25
– Crianças de 6 até 16 anos: CHF12.50
– Até 5 anos de idade: Grátis
Quem tiver o Swiss Travel Pass tem 50% de desconto. O Funicular fica aberto desde o primeiro sábado de março até 6 de janeiro. Mais informações pelo link: www.montebre.ch

Clique aqui para ler a nossa página com tudo o que você precisa saber sobre o Swiss Travel Pass. Para comprar o Swiss Travel Pass direto pela internet, acesse o site da Rail Europe aqui neste link.

O que fazer no topo do Monte Bré?

A primeira coisa é admirar a vista maravilhosa do topo da montanha. Nós nos deparamos com uma vista de tirar o fôlego, um verdadeiro paraíso. Nos mirantes conseguimos observar o lago de Lugano, o monte San Salvatore e até os Alpes do cantão de Valais.

É possível almoçar ou tomar um drink nos restaurantes Vetta e Osteria della Funicolare. Recomendado para quem quer aproveitar o ar da montanha e apreciar a vista com mais calma.

Outra opção de atividade é fazer caminhadas pelas trilhas, ideal para quem gosta de curtir mais a natureza ou quer de conhecer o lado fora da rota turística convencional.

Vila Bré

A charmosa vila Bré fica a 800 metros de altitude e já foi considerada uma vila de artistas. Através de uma caminhada de cerca de 20 minutos é possível chegar até ela. A arquitetura da vila possui características bem típicas da região de Ticino, as famosas casas de pedras.

Monte Bré Vila
Monte Bré Vila | Imagem: Letícia Torquette

Sobre o Monte Bré Experience

Este passeio foi realizado no dia 27 de setembro de 2020 em conjunto com as blogueiras Ana Luiza (do Pelo Mundo Blog) , Janaina (do blog Descobrindo a Suíça) , Monique, do blog Me Joguei no Mundo, e a Laurentina (nossa fotógrafa oficial Fotógrafa na Suíça). O lugar foi o destino de mais um #experience , um projeto que tem por objetivo mostrar as belezas da Suíça.  Este foi o #montebreexperience.

Apoio: Lugano Region e Ticino Tourism

Veja o que rolou no evento também, através da Hashtag #montebreexperience #montebréexperience no Instagram e Facebook.