Se você está pensando em viajar para Lugano, na Suíça, aqui vão as nossas dicas completas. Separamos um monte de informações que vão te ajudar a fazer a melhor viagem para Lugano, com dicas de atrações turísticas, lugares importantes, restaurantes e hospedagem.

Quem viaja para Lugano poderá constatar o contraste cultural entre a Suíça italiana e a Suíça alemã. Em Ticino, o cantão italiano da Suíça, tudo parece mais tranquilo e a vida parece correr num outro ritmo. Eu tinha que me esforçar para lembrar que não estava na Itália, mas sim, na Suíça. A semelhança com o país vizinho está na gastronomia, nas paisagens, arquitetura, idioma e modo de viver dos ticineses. No fim das contas, é uma Itália com um quê de organização Suíça, ou seja, um cantinho perfeito para passar umas férias!

O que fazer em Lugano?

Eu recomendo passar dois dias em Lugano, assim você pode aproveitar a cidade com calma no primeiro dia e conhecer a maior parte das atrações turísticas. No segundo dia de viagem, recomendo fazer um passeio bate-volta até o Valle Verzasca, um dos lugares mais bonitos para visitar na Suíça, bem pertinho de Lugano.

Leia também: Trilhas no Valle Verzasca | Dicas para uma experiência completa

1. Centro Histórico de Lugano

Você pode começar a visita conhecendo a região do centro histórico de Lugano, que fica num pedaço embolado da cidade: entre a Lugano alta e a Lugano baixa. O centro histórico de Lugano vai se espalhando por rampas, escadarias e elevadores públicos. É justo neste bairro que você poderá visitar os principais edifícios e praças, como a (1) Piazza della Riforma, a (2) Catedral di San Lorenzo e o (3) Palazzo Albertolli, na Piazza San Rocco.

Lugano

2. Parco Cívico

Em seguida, faça uma caminhada na orla do Lago de Lugano, chegando ao (4) Parco Cívico, um parque delicioso na cidade, perfeito para caminhadas longas e sem pressas. Prepare-se para fazer muitas fotos neste lugar! Neste parque há duas zonas, a primeira é onde está a Vila Ciani, coberta de jardins ingleses. Em seguida há uma parte mais natural do parque, onde há vários edifícios importantes para visitar, como a (5) biblioteca cantonal e o (6) museu cantonal de história natural.

Lugano

3. Monte Bré

Depois, continue o passeio até o (7) Monte Bré, uma das montanhas mais populares da região de Lugano. É possível chegar até o topo do monte Bré num hiking ou usando um pequeno funicular que faz o trajeto de ida e volta. Com o Swiss Travel Pass, o trajeto custa 12CHF adicionais se comprar ida e volta, 8CHF só a ida. Nós compramos ida e volta, para poder caminhar com calma pelo Bré e depois voltar sem pressa até a cidade.

A subida até o Monte Bré é bem tranquila, usando os dois funiculares que fazem a rota saindo da base da montanha. O primeiro funicular é grátis e dura uns 5 minutos. Você paga a subida somente no segundo funicular, com duração de aproximadamente 10 minutos. Atenção que este trenzinho só passa a cada 30 minutos.

Se quiser almoçar, há um restaurante no topo do Monte Bré, o Ristorante Vetta, que tem uma vista panorâmica incrível. Eu preferi fazer um piquenique com um lanche que levei na mochila. Se você provar o restaurante, me conta o que achou.

Lugano
Monte Bré | Imagem: Juliana Guimarães

4. Passeio de Barco no Lago de Lugano

O passeio de barco no (8) Lago de Lugano é uma experiência super lindinha, porque você passa por várias cidades e vilarejos da região e avista um pedaço da Itália de dentro do barco! O barco que escolhemos ficou somente na Suíça, mas há alguns que param em cidades italianas também. Nosso passeio de barco estava incluído no Swiss Travel Pass, então, compensou bastante!

5. Mergulho no Lago

Se o clima permitir, depois que fizer a montanha e o passeio de barco, talvez você sinta vontade de dar um mergulho no Lago de Lugano. Quando eu fui, fazia tanto calor que um mergulho era irresistível! Então nós alugamos um pedalinho especial, que vem com escorregador acoplado, perfeito para quem pensa em mergulhar no lago! É uma experiência SEN-SA-CIO-NAL! Foi o melhor pedalinho que eu já fiz na minha vida, porque você pedala até onde achar interessante, e depois do esforço, você escorrega até o meio do lago! Super recomendo para quem gosta de aventuras, seja para uma viagem entre amigos ou de casal! O pedalinho custou 12CHF para meia hora de refresco, mas foi o suficiente para a gente.

Lugano
Lago De Lugano | Imagem: Juliana Guimarães

6. Valle Verzasca

No dia seguinte, tire para fazer uma trilha até o Valle Verzasca, que possui a famosa ponte dei salti, um lugar realmente único na Suíça. Para quem gosta de caminhadas, esta é uma trilha bem gostosa de fazer, com pouca elevação e muitos pontos interessantes ao longo do caminho. É fácil para crianças também, só precisa checar a distância para não ficar muito longa com os pequenos.

Valle Verzasca
Valle Verzasca | Imagem: Juliana Guimarães

Restaurantes em Lugano

Para comer em Lugano, eu recomendo a tradicional (e deliciosa) cozinha local, com forte influência da gastronomia italiana. Diferentemente dos pratos típicos do norte da Suíça, em Lugano se come mais Risottos, Peixes de água doce (pelos Lagos da Região), Polenta e Ensopados de Carne. Aqui vão algumas sugestões de restaurantes interessantes para conhecer na cidade.

Culinária Local

Estes são os principais restaurantes para quem pensa em provar os pratos tradicionais da região e conhecer a gastronomia local.

La Tinera
Via Dei Gorini, 2
+41 91 923 52 19

Ristorante Pizzeria Mary
Piazza Riziero Rezzonico, 2
+41 91 923 38 06

La Cucina di Alice
Riva Vela, 4
+41 91 922 01 03

Cantinone
Salita M. e A Chiattone, 3
+41 91 923 1068

Trattoria & Pizzeria Galleria
Via Giosuè Carducci, 4
Tel. +41 91 922 24 15

Tango Ristorante
Piazza Riforma, 10
+41 91 922 27 01

Cafés

Eu sempre busco cafés locais para uma merecida pausa no passeio. Em Lugano, recomendo estes dois lugares:

Vanini Dolce e Caffe
Piazza della Riforma, 1
Tel. +41 91 923 82 84

Ristorante Grand Cafe Al Porto
Via Pessina, 3
Tel. +41 91 910 51 30

Onde ficar em Lugano?

As melhores opções de hospedagem em Lugano encontram-se próximo à Estação Central de Trens ou próximas ao Lago de Lugano. Aqui eu separei três opções com excelente custo x benefício para quem busca conforto e qualidade, a preços interessantes.

Hotel Nassa Garni
Via Nassa, 60
Tel. +41 91 910 70 60

Continental Parkhotel
Via Basilea, 28
Tel. +41 91 966 11 12

Hotel International au Lac
Via Nassa, 68
Tel. +41 91 922 75 41

Booking.com

Últimas dicas para a sua viagem

Bom, Lugano é assim, intensa, bonitinha e bem italianinha! Recomendo a visita no verão, para poder se atirar no lago e curtir o verdadeiro Calor Nos Alpes! 🙂 Se você estiver usando o Swiss Travel Pass, pode fazer o Bernina Express que liga Lugano a Tirano e depois, St. Moritz. O trecho até Tirano é feito de ônibus, mas é uma ótima forma de conectar-se com o Bernina Express e conhecer o cantão dos Grisões, famoso pelas montanhas e paisagens bem diferentes desta região.

Leia também:
Monte Bré | A melhor vista panorâmica de Lugano
Verão na Suíça | Roteiro de 10 dias
Valle Verzasca | O Vale Mais Bonito da Suíça
Trem Panorâmico Bernina Express