Chocolates Suíços são famosos pela qualidade extrema e sabor inconfundível. Um verdadeiro chocolate suíço nem precisa mastigar, ele derrete na boca assim que a gente morde o primeiro pedacinho. Como chocólatra assumida, eu estava disposta a conhecer tudo sobre o chocolate suíço. Então, assim que eu me mudei para a Suíça, decidi provar todas as marcas de chocolate suíço dos supermercados e lojas que eu via pela frente. A obsessão rendeu um catálogo vasto com os melhores chocolates suíços, resumido aqui neste post para vocês! Então aqui vão as minhas dicas de melhores marcas de chocolate suíço para conhecer durante a sua viagem!

Curiosidade: Os suíços são um dos maiores consumidores de chocolate do mundo! Cada pessoa come em média quase 12kg de chocolate por ano! Para se ter uma ideia, os brasileiros não chegam a 3kg de consumo de chocolate por ano! (Com exceção da blogueira que vos fala! Eu certamente supero essa média!)

Melhores Marcas de Chocolate Suíço

A Suíça produz muitos chocolates! A produção chega a 190.000 toneladas de chocolate por ano, e a indústria apresenta um faturamento anual de aproximadamente 1,5 bilhões de Francos Suíços. Ou seja, com esta cifra tão impressionante, é claro que há muitas marcas para conhecer. Eu decidi então separar as marcas de chocolate mais gostosas na minha opinião, espero que te ajudem a escolher o melhor chocolate na Suíça

1. Chocolates Läderach

A Läderach é na minha opinião uma das marcas mais originais de chocolate suíço. O ponto forte deles é o chocolate FrischSchoggi, marca registrada das barras de chocolate artesanal. Além do chocolate ao leite, o FrischSchoggi também existe nas versões com frutas secas, nozes, caramelos, pimenta, entre outros. Você pode pedir os sabores desejados por peso, ou então ir direto à seção de presentes e escolher as embalagens com sabores surtidos. (Recomendo!) Além disso, as lojas são um convite à degustação desenfreada de todos os tipos de chocolates existentes. Aproveite para experimentar as trufas recheadas também, você não vai se arrepender.

2. Chocolates Sprüngli

A Sprüngli é a linha de chocolates artesanal da Lindt. Se a Lindt já é maravilhosa, imagine o que é a Sprüngli! São chocolates de luxo feitos com matéria de primeiríssima qualidade. Ou seja, sabor como você nunca provou antes. Eu recomendo visitar a loja conceito da Sprüngli em Zurich, localizada na praça mais importante da cidade, a Paradeplatz. Lá você pode aproveitar e tomar um cafézinho no andar de cima, depois das compras nada humildes no andar de baixo. Além dos chocolates, a Sprüngli é famosa pelos Luxemburguerli, que são macarons perfeitos para quem precisa de um docinho mas cansou de chocolate.

3. Max Chocolatier

A Max Chocolatier é uma fábrica de chocolates artesanais. Eles têm a origem em Lucerna e usam ingredientes de altíssima qualidade na confecção de barras, bombons e trufas perfeitas! Os sabores variam de flores dos campos alpinos até magníficos chocolates com chá verde, rum ou café. Eles próprios dizem que cada mordida é uma viagem a lugares distantes, ou seja, um convite a sabores completamente alucinantes e deliciosamente prazerosos. Há uma loja em Lucerna e outra loja em Zurique.

4. Teuscher Chocolates

A Teuscher é outra chocolateria dedicada a chocolates finos na Suíça. Eles são famosos por suas lojas hiper decoradas e criações divertidas. Entre os chocolates famosos, as trufas de champagne são as mais procuradas – e também, as mais gostosas na minha opinião.

5. Favarger

Favarger é uma marca de chocolate artesanal com suas origens na região de Genebra. Possui duas boutiques de chocolates na Suíça Francesa, sendo uma em Genebra e outra em Versoix, onde estão os headquarters da empresa. Suas especialidades são as linhas avelines e nougalines, com recheios de amêndoas e avelãs. Além disso, eles fabricam o famoso Chocolate Fondue, que é simplesmente fabuloso para passar no pão! 😛

6. Lindt

A Lindt é uma marca que todo mundo conhece e uma das minhas favoritas aqui na Suíça. Nos supermercados comuns é bem fácil de encontrar quase todas as variações de Lindt possíveis. No entanto, eu indico a linha “Hello“. São chocolates deliciosos, óbvio, mas com uma carinha diferente e um sabor completamente novo para quem está acostumado com os Lindt. Há chocolate de café, de morango, de frutas do bosque, enfim, é tudo muito bom! E também há chocolates tradicionais como as barras e os bombons Lindor em versões exclusivas.

7. Cailler Chocolates

Cailler é a linha luxo da Nestlé, que também é Suíça. Os chocolates Cailler são industriais, mas há algo diferente no sabor, o que faz o chocolate cailler ser muito especial. A Cailler possui uma fábrica lindíssima na cidade de Bulle, perto do lago de Genebra. A visita na fábrica conta todo o processo de fabricação do chocolate suíço. Além disso, conta a história da marca e ao por fim, oferece a possibilidade de degustar TODOS os produtos. Sim, TODOS. É muito chocolate para provar e decidir qual o melhor. Este chocolate vende em alguns supermercados Coop e Migros. Recomendo!

8. Camille Bloch Chocolates Suíços

Camille Bloch é uma das empresas de chocolate suíço mais tradicionais do país, produtora das marcas Camille Bloch, Ragusa e Torino. Os primeiros são chocolates com licor, focado no público adulto. Já Ragusa são chocolates produzidos com avelãs inteiras, nas verões clássico, branco e amargo. É um dos meus favoritos! Torino são chocolates recheados com um creme de avelãs e amêndoas. Existe nas verões leite, branco e amargo. É bem fácil encontrar estes chocolates nos supermercados de toda a Suíça. Recomendo comprar uma barra de cada e descobrir qual o seu favorito! 🙂

9. Toblerone

Sem dúvida, os chocolates triangulares da Toblerone são famosos no mundo inteiro. A Toblerone começou a operar na Suíça em 1908 e em 1990 foi comprada pela empresa americana Mondelēz. O sabor continua irresistível: uma mistura de mel com avelãs e amêndoas num chocolate suíço ao leite, delicioso! Há novas variações como chocolate branco, amargo, com frutas, mas na minha opinião, o sabor original é imbatível. Fora isso, a logomarca revela a ponta da famosa montanha Matterhorn, nos Alpes Suíços.

10. Villars Chocolates Suíços

A Villars é uma fábrica da região de Fribourg, orgulhosa das suas origens! Com exceção do Cacau, todos os outros ingredientes são 100% suíços, inclusive o açúcar proveniente de beterraba-sacarina cultivados na Suíça. O resultado é um chocolate suíço hiper cremoso e com diferentes aromas dependendo do chocolate escolhido. Eles recentemente lançaram produtos ao leite que sintetizam o clichê da Suíça numa barra de chocolate. Chocolate ao Leite de Lucerna, de Berna e de Fribourg. Cada produto tem um sabor diferente, que varia conforme a produção de leite de cada região.

11. Ovomaltine Chocolates

No Brasil a marca Ovomaltine é bem conhecida por vender a mistura crocante para preparar com leite. Mas na Suíça há também alguns outros produtos, entre eles, os chocolates Ovomaltine. Eu particularmente adoro os biscoitos Ovomaltine também, mas falando só de chocolate, busque nos supermercados e devore o que encontrar!

12. Chocolates Frey

É a linha de chocolate suíço vendida nos supermercados Migros, em toda a Suíça. Quase que uma marca própria do Migros, já que ela faz parte do grupo Migros, que é quase que um monopólio de marcas na Suíça. Fato que a Frey garante a qualidade suíça, mesmo sendo parte de um grupo tão grande como o Migros, e claro, não poderia deixar de ser delicioso. Há desde caixas de bombons Frey, Pralinés, Miniaturas, enfim, um pouco de tudo. Mas o meu preferido é a Língua de Gato! Maravilhoso! Vendidos exclusivamente nos supermercados Migros, a Frey não perde em nada para os chocolates mais conhecidos e o preço é o mais acessível de todos.

Imagens: Divulgação

Leia também:
Compras em Zurique | O que vale a pena comprar na suíça?
Como visitar a fábrica da Lindt em Zurique?
10 pratos para provar na Suíça