O CERN, Conseil Européen pour la Recherche Nucléaireo é sem dúvida um dos lugares mais interessantes que já conhecemos na Suíça. Em português é o Centro Europeu de Pesquisa Nuclear, uma das instituições de pesquisa mais famosas do mundo. O CERN é mundialmente reconhecido por suas pesquisas científicas na área da física, muitas delas reconhecidas com prêmios Nobel.

O CERN esteve há pouco tempo nos holofotes da mídia porque eles possuem um acelerador de partículas gigante, que passa pela França e pela Suíça, com 27km de diâmetro. Este acelerador tem o objetivo de provocar pequenas explosões controladas, similares ao que provavelmente foi o Big Bang. Com isso, os cientistas conseguem comprovar as teorias de formação do universo e composição das partículas elementares, que há bilhares de anos, deram origem à vida.

Como visitar o CERN em Genebra?

Para turistas e entusiastas das descobertas científicas do CERN, existe uma boa notícia: o lugar é aberto à visitação! Há duas exposições permanentes que não requerem reserva antecipada. Neste caso, basta chegar, procurar a recepção e perguntar pelas visitas livres.

Por outro lado, pode ser que você queira fazer um tour guiado com um cientista do CERN. Neste caso, é importante fazer a reserva com antecedência através do sistema de agendamentos do CERN.

Como se trata de uma instituição de pesquisa e não uma atração turística, o sistema é meio chato. Eles liberam as datas para visita todos os dias, às 8h30 da manhã (horário local). Portanto, você precisa entrar no sistema neste horário, colocar seus dados e agendar nos dias disponíveis. Eles só liberam as datas com 15 dias de antecedência, então fique de olho neste tempo para agendar a sua visita.

Caso você esteja em um grupo maior, pode ligar e reservar um tour com um cientista especialmente para o seu grupo.

Os tours acontecem de segunda a sábado, em horários diferentes para tours em inglês e francês. Não há tours em outros idiomas.

Atenção: Devido à pandemia do Covid-19, os tours ao CERN estão temporariamente suspensos.

Como chegar até o CERN?

Você pode chegar até o CERN usando o transporte público ou de carro. De transporte público você precisa chegar em Genebra. A partir da estação Central de Genebra, pegue o tram número 18 sentido Meyrin e desça na estação CERN. É justo de frente para o CERN, não tem como se perder.

Se for de carro, coloque no GPS a informação abaixo e busque o estacionamento gratuito para visitantes. Ele fica ao lado do Globo da Ciência e Inovação.

Coordenadas do GPS para chegar ao CERN Genebra:

Latitude: 46.2314284 N
Longitude: 6.0539718 E

Endereço do CERN Genebra:

385 route de Meyrin
CH-1217 Meyrin – Geneva
Switzerland

Nossa rota até o CERN de Genebra

Nós saímos de Zurique e alugamos um carro pela Rent Cars para fazer este bate-volta. É cansativo sair de Zurique só pra isso, então talvez valha a pena fazer a reserva em um hotel em Genebra! Nós saímos de Zurique cedinho e paramos num posto no meio do caminho para um café. Inclusive, há vários postos de gasolina bem sinalizados e com café e banheiro. Em seguida, fomos direto a Meylen, onde paramos para comer antes da visita.

Nossa visita estava agendada para as 13h, portanto, tivemos tempo de comer com calma e chegar tranquilamente ao CERN antes da hora marcada, para olhar a exposição permanente na recepção primeiro.

Tour no CERN

Bom, eu tinha a curiosidade de visitar o CERN por causa do meu marido, que é cientista (de outra área, mas é cientista igual). Ele me explicou muitas descobertas deste lugar e me despertou o olhar para um turismo diferente, dedicado ao conhecimento humano.

Nos últimos anos, o CERN ficou famoso por causa do Bóson de Higgs, aquela partícula minúscula cuja existência foi comprovada em 2012, no próprio CERN. Resultado: Prêmio Nobel. E fora esse, outros prêmios Nobel também foram entregues a vários cientistas deste instituto.

Fazer a visita guiada realmente te dá uma nova perspectiva do lugar. O nosso cientista-guia explicava vários detalhes sobre o trabalho deles no CERN, sobre a quantidade de dados que eles precisam processar e sobre os novos desafios do centro de estudos.

Ele nos contou, por exemplo, que agora o foco é comprovar a composição da anti-matéria, ou Dark Matter, algo que é muito complexo para a minha cabeça e eu não me animo a escrever sobre isso aqui. Também nos contou que eles provocam mini big-bangs no acelerador de partículas justamente para tentar entender a formação do universo. Neste processo, são capturadas aproximadamente 40 mil fotos por segundo, para serem depois analisadas pelos super computadores do instituto. Anualmente, 15 pbytes de dados são gerados pelo CERN, isso sem contar aqueles que são descartados. Também aprendi que Petabyte são 1.000.000 de Gigabytes! 😀

Resumindo, a visita fica muito mais interessante se você agendar o cientista-guia. Melhor ainda: tudo é totalmente gratuito!

O tour dura 2 horas, e justamente após o passeio, ainda tivemos tempo de olhar a exposição permanente do Globo e ver um pequeno filme que explica os principais problemas da Física e como o CERN pretende resolvê-los. Ciência pura!

Onde ficar em Genebra?

Entre as opções de hotel na cidade, eu achei bem interessante a proposta do Ibis Styles. O Ibis Styles é um tipo de hotel mais estiloso da rede Ibis, porém, com o mesmo padrão de preços. Para quem está buscando um hotel com bom custoXbenefício, compensa.

Ibis Styles Geneve Mont Blanc
Endereço: 15 Rue de Berne, Saint-Gervais / des Grottes, 1201 Genebra, Suíça
Reserve pelo site do Booking.com

Últimas dicas

Se você for no inverno, prepare-se com boas roupas. O nosso tour ficou bastante tempo em áreas abertas e expostas, fazia um frio enorme e o vento de Genebra não é brincadeira! Também não é permitido comer ou beber dentro das instalações do CERN, portanto, alimente-se antes do tour!

E finalmente, porque não aproveitar para conhecer outra cidade neste dia? Nós fizemos a volta pela região de Gruyères e paramos justamente na cidade para degustar um fondue antes de voltar pra Zurique.

Leia também:
Festival Internacional de Balões na Suíça | Chateau D’Oex
Como planejar uma viagem para a Suíça?
Guia de Montreux